Palestra sobre HPV, Campanha de Vacinação e Projeto de Leitura na escola.

DSC03803

Hoje a escola recebeu a equipe de saúde do PSF/SUS da cidade para uma palestra sobre o HPV, o câncer de colo de útero e a promoção da campanha de vacinação que irá atingir as meninas entre 11 e 13 anos da comunidade. A maioria delas está regularmente matriculada na escola nesta faixa etária, a instituição foi escolhida como local mais adequado  para a palestra e a vacinação das moças.

O dia começou com uma palestra explicativa sobre a campanha do governo federal, por que motivos as meninas estão sendo vacinadas nesta faixa etária, explicações específicas sobre o câncer de colo de útero, a transmissão do HPV e os benefícios da vacina nesta idade. A vacina está disponível para meninas que não são ou são sexualmente ativas , a que será aplicada pelo SUS é a quadrivalente.

Foram entregues a cada uma das alunas os formulários de não-autorização para os pais que não concordassem com a vacinação, e como a temática envolve assuntos de natureza e conduta sexual importantes, a equipe do PSF, que já tem larga experiência no tema, deu um show de bola durante as apresentações. Para facilitar o envolvimento de meninas e meninos na palestra, optou-se por realizá-la em sala de aula, turma por turma , com material de suporte do próprio SUS  ( resumos em powerPoint no datashow do PSF) com todas as orientações do governo. Foi  reforçada não só a questão do HPV, mas também a importância do uso do preservativo na prevenção das demais doenças sexualmente transmissíveis.

O PSF realizará a vacinação na própria escola, na quinta e sexta, havendo também campanha nacional de vacinação no sábado, para quem estiver ausente.

A professora Marília desde a semana passada vinha trabalhando com as turmas da escola , no conteúdo  Português, a campanha governamental e a leitura orientada das diversas fontes informativas sobre o tema .Os alunos fizeram a seleção e a reescritura das informações coletadas e para isto avaliaram as questões mais relevantes, selecionaram  informações essenciais e reescreveram estas informações em forma de folheto ou anúncio de suporte para a campanha, construindo um novo olhar sobre a leitura, a compreensão textual e a apreensão de significados, bem como sua adequação ao contexto escolar e ao público leitor envolvido.

Os professores de Ciências também prepararam atividades temáticas como relatórios, estudos dirigidos e questionários, envolvendo o estudo dos vírus, das doenças por eles causadas, os sintomas, a prevenção e os riscos a eles associados.

É claro que aproveitando o evento do carnaval, houve também um momento especial da campanha sobre o uso do preservativo e a prática do sexo seguro.

Nota: A vacina estará disponível na escola por meio do trabalho integrado entre o PSF e a instituição. As meninas de 11 a 13 anos estarão se beneficiando com a vacina e as orientações da campanha. Para as alunas que acessam o blog da escola, fica a dica: qualquer menina pode tomar a vacina nesta idade, não importa se ela é virgem, se já é sexualmente ativa, se é evangélica, católica, espírita ou de qualquer outra religião ou doutrina; não fazem diferença a raça (negra, branca, parda, etc.), a situação econômica e financeira, a aparência física (se é gordinha, magrinha, média), o bairro onde mora ou qualquer outra situação ou condição. A vacina protege a todas as meninas.

DSC03844

cropped-marc3adlia1.jpg

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s